YASMIN SERRA LINO – As Identidades de Gênero da Criança e sua Relação com a Escola Produzidas pelo Blog Oficial e Projetos de Lei do “Escola Sem Partido”

Postado por: Gilmar Lossa

RESUMO

A presente pesquisa é vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação, concentração em Educação Social, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus do Pantanal/CPAN, na linha de pesquisa Gênero e Sexualidades, Cultura, Educação e Saúde. Além disso, faz parte das pesquisas no âmbito do Grupo de Estudos e Pesquisas em Sexualidades, Educação e Gênero – GEPSEX/UFMS e apresenta como temática o gênero na “Escola sem Partido” no Brasil. Nosso objetivo geral foi problematizar que identidades de gênero da criança são produzidas pela “Escola sem Partido” no blog oficial e Projetos de lei apresentados em municípios do Mato Grosso do Sul e sua relação com a escola. A pergunta que guiou nossa pesquisa foi a seguinte: Que identidades de gênero da criança são produzidas no blog oficial e projetos de lei em municípios do Mato Grosso do Sul a partir dos pressupostos da ESP e sua relação com a escola?. A pesquisa foi fundamentada teoricamente nos Estudos Culturais e Estudos de Gênero, utilizando os conceitos de Pedagogias Culturais, artefatos culturais, gênero e identidades de gênero. Utilizamos a netnografia e a pesquisa documental como metodologia de pesquisa. Delimitamos nosso objeto como “a produção das identidades de gênero da criança e sua relação com a escola no blog oficial da ‘Escola sem Partido’ e nos projetos de lei apresentados em casas de lei em municípios do Mato Grosso do Sul”. Utilizamos como fontes o blog oficial da ESP e os Projetos de Lei. Para analisarmos as identidades de gênero da criança que são produzidas pela ESP, realizamos a leitura de todos os 727 artigos presentes no blog, desses selecionamos previamente 89, que traziam como temática gênero e/ou sexualidade. Para a análise da pesquisa, utilizamos como critério artigos que discorriam sobre gênero e/ou sexualidade e crianças, assim, dos 89 artigos previamente selecionados, elegemos 21 artigos para problematização. Organizamos fichas de análises e delimitamos agrupamentos recorrentes nas publicações presentes no blog, são eles: (i) ideologia de gênero e normalização do ser menino e ser menina e (ii) a heterossexualidade como norma para a construção das identidades de gênero das crianças. Na análise documental dos Projetos de Lei notamos a imposição do silenciamento das questões de gênero como principal mecanismo para a continuidade de uma educação que reforce identidades de gênero de acordo com as normas heteronormativas socialmente estabelecidas.

Palavras-chave: Escola sem Partido. Gênero. Educação. Projeto de lei. Sexualidade.

ABSTRACT

This research is linked to the Postgraduate Program in Education focused on Social Education at Federal University of Mato Grosso do Sul (Universidade Federal do Mato Grasso do Sul), Campus of Pantanal / CPAN, regarding the research line Gender and Sexualities, Culture, Education and Health. Furthermore, it is a field of research within the Study and Research Group on Sexualities, Education and Gender (GEPSEX / UFMS) which presents as theme gender according to the “Non-Partisan School -NPS (Escola sem Partido) in Brazil. Our main objective was to shed light to how children’s gender identities are produced and perceived by “Escola sem Partido” on its official blog and bills passed in municipalities of Mato Grosso do Sul where the study was conducted. The research question that guided this investigation was the one that follows: What children’s gender identities are produced on the official blog and bills in municipalities of Mato Grosso do Sul according to the assumptions of NPS? The research was based on the theoretical field of Cultural Studies and Gender Studies on the aforementioned matter, using concepts from Cultural Pedagogies, cultural artifacts, gender and gender identities. We used netnography and documentary research as research methods. We established as our object of research “the production of children’s gender identities and how they related to school according to the official blog “Escola sem Partido ” and the bills passed in legislatures houses in municipalities of Mato Grosso do Sul”. We used the Escola sem Partido’s official blog and draft laws as source of information for this investigation. In order to analyze how children’s gender identities are perceived and produced by Escola sem Partido, we read all of the 727 articles posted on the blog, and from this amount 89 articles were previously selected, which presented as main topic gender and/or sexuality. As for the final analysis carried out in this research, we used articles that addressed the topic gender and/or sexuality and children, and once the previously selected 89 articles were read, we elected 21 articles to thoroughly investigate the notions on gender identity aforementioned.We organized analysis sheets and narrowed down the recurring groupings from the posts on the blog as follows: (i) gender ideology and normalization of what it is considered to be a boy and a girl and (ii) heterosexuality as a norm for the construction of children’s gender identities. In the documentary analysis that took into account the draft laws, we noticed the imposition and silencing of gender issues as a strong mechanism for perpetuating an education that reinforces gender identities according to socially established heteronormative norms.

Keywords: Non-Partisan School. Gender. Education.sexuality